17 outubro

Cenário de férias no quarto de dormir

Comentários

C42F7188-610E-4E60-8EB3-11965BA9B5E4

Quarto de criança pequena a gente sabe que dura pouco. Primeiro tem o quarto do bebê. Passam dois anos e já é hora de mudar tudo para a transição para a caminha. Depois… Depois ela cresce e começa a manifestar seus desejos. O cenário do novo quarto do Joaquim nasceu de uma combinação de um pedido dele, recorrente, quase sempre na hora de ir para a escola: “vamos para a praia?” Muito sagitariano… E também do meu desejo de renovar a decoração, deixar o quarto mais livre de brinquedos e objetos de decor e com mais espaço para brincar.

BC77E349-DD60-4698-A26E-97CCC4FE4454

Depois da pintura geral: teto, paredes, rodapés e armários – tudo no mesmo tom, um branco “sujinho” de um azul acinzentado bem delicado – foi a hora de iniciar o painel. Tenho a sorte de ter um artista em casa (né, @zednesti?), então não precisei contratar alguém para realizar o serviço. Com a referência em mãos, a pintura do painel, com tinta guache, que seca muito rapidamente e não tem cheiro, ficou pronta em um dia.

15ACB134-A38E-47DD-A567-31212D82EFDF

Ou seja, a pintura foi a grande responsável pela mudança. Um fim de semana e voilá! Não comprei nada novo. Mas aproveitei para mudar muita coisa de lugar. A cômoda foi para o lado da cama para servir, também, como criado-mudo. A cabanina costurada e montada pela minha mãe saiu do centro do quarto para se transformar em um espaço aconchegante para ler livrinhos, contar histórias e brincar. Na parede ao lado, pendurei as prateleiras com os livros. Dá uma espiada no post que fiz no Instagram para conferir mais detalhes da transformação. Ah! Como sobrou espaço no centro do quarto aproveite para fazer uma troca de tapetes (faço muito isso em casa, de promover uma rotatividade de peças entre os ambientes), o tapete de tigre estava originalmente na biblioteca, mas combinou direitinho com o novo cenário, não acham?

 

comentários