27 junho

O que temos pra hoje

Comentários

FullSizeRender

 

Não tenho consumido muito. Pra falar a verdade, quase nada. Mas a cenógrafa da casa que habita meu ser não se cansa nunca de buscar maneiras de deixar tudo um pouco diferente, quase sempre de preferência. Pois de uns tempos pra cá, mais especificamente desde que comecei a desenvolver minha nova aula sobre a Influência da Cores para a The School of Life, tenho buscado incessantemente as novas cores da minha própria vida. E sabe que tem aparecido cada uma boa? Esse azul Bic, por exemplo, que aparece tanto na TV míni quanto na térmica transformada em vaso por algum tempo. As duas peças estavam escondidas em armários e agora saem com tudo para brilhar em um cantinho especial da casa.

Também tenho tido muita fome de rosa, pink e demais desdobramentos dessa mistura original de vermelho com branco. O branco total radiante e o desbotado de um ano atrás se foram, não sei se para sempre. Nesta nova fase é tudo mais colorido e intenso. A cor tem sim muita influência no nosso dia-a-dia, pode acreditar. E com a saturação da cor veio também a vontade de criar pequenos cenários surreais pela casa, como o que lhes presenteio neste post. Tenho a impressão de que, ao criar cenários fictícios com pequenas grandes emoções contidas em cada um deles, uma hora eles viram realidade, será?

comentários