31 agosto

Marcas e bagunça que a gente respeita

Comentários

IMG_3132

Semana passada teve piquenique no quintal de casa. Teve bons drinks. E criança correndo pela casa inteira. Teve também criança que resolveu usar a parede do quarto como papel de desenho. E criança tirando t-u-d-o do armário, incluídos nessa lista aqueles bloquinhos de madeira tão lindos e que levam pelo meia hora para serem reunidos de volta à caixinha, afe! Resumo da ópera:  semana passada aconteceu muita coisa bacana por aqui. Teve ainda dança de criança pelada na sala, espécie de ritual de preparo para o banho coletivo. Herança ancestral dos nossos sábios índios, com toda certeza. E teve sabe o que mais? Teve bom-humor para entender que tem dias em que bagunçar é mais importante do que manter tudo em ordem. E que encarar a arte nas paredes como parte da decoração pode ser divertido e inspirador. Prova de vida criativa na casa. E de amor sobrando para compartilhar. Marcas do tempo, sabe como? Não tem pra vender nem na loja mais bacana da cidade. DIY na veia. E assim esperamos. Por mais sábados, domingos e feriados de bagunça. Na segunda-feira a gente coloca tudo no lugar.

IMG_3224

comentários