05 março

Inspirações sortidas

Comentários

IMG_2772

 

Olhar para a cidade em busca de inspiração é um ótimo exercício decorativo. Faço muito isso. Especialmente quando visito mercadões e armazéns que têm “cara” de antigamente. Gosto da ideia de organizar latarias e vidros de conservas como se elas estivessem ali para seduzir um freguês. Talvez por conta das incursões ao armazém em que meu avô português trabalhava, sempre fui fascinada por embalagens de produtos de limpeza, sacos de cereais, réstias de cebola e de alho pendendo de prateleiras abertas, maços de ervas secando em cordas esticadas entre um canto e outro do lugar. Freud certamente explicaria melhor essa história, mas minha conclusão é de que nosso olhar segue imediatamente para o que traz lembranças reconfortantes. Arrancar uma folhinha de louro do galho me parece mais interessante do que tirar uma ou duas de dentro de um saquinho plástico. Para você, uma réstia de alho pode não significar muita coisa. Na minha casa é sinônimo de cozinha fervilhante, de onde saem receitas bem temperadas todo dia. Da próxima vez que estiver passeando pela cidade, preste atenção. Descubra o que lhe inspira para, depois, traduzir as informações em um modo diferente de viver a sua casa.

comentários