10 janeiro

Casa de verão

Comentários

img_1312

 

Não sei na sua casa, mas por aqui o verão chegou com tudo. Sem ar-condicionado, o jeito é apelar para a criação de corredores de ventinho fresco abrindo janelas e portas, acionar os ventiladores e colocar o chuveiro no modo cachoeira gelada para sobreviver com certa dignidade. Mas sabe que, na decoração, também dá para angariar alguns pontos no quesito refrescância? Há duas semanas decidi aproveitar o sol escaldante para lavar os tapetes da casa. Um por vez, porque não sou nem louca de arriscar um tudo ou nada: vai que São Pedro resolve mandar chuva por três semanas seguidas… Enfim, comecei pelo quarto do Joaquim e sabe que só o fato de tirar o tapete de circulação já deixou o quarto mais aprazível? Lavei, deixei secar no quintal por alguns dias e tratei logo de embalar o tapete para quando as temperaturas baixarem. Descobri assim, meio tardiamente, que só de ver algo quentinho no verão já ficamos com mais calor. Hoje tirei o tapete do meu quarto e já me sinto melhor só em avistar a cor dos tacos e não mais o tapete felpudo e tão amado nos dias frios. Tirar de cena objetos em excesso também ajuda, sabia? Por isso escolhi essa foto da cama no quarto pelado. Fala se não dá uma sensação de fresquinho? Até a colcha parece mais leve. Outra dica para adicionar mais frescor à casa no verão é usar e abusar de folhagens aromáticas nos vasos: maços de manjericão fresco, de eucalipto ou algumas folhas de costela de Adão dão um quê tropical ao cenário interno da casa, o que imediatamente desperta a sensação de uma brisa entrando na sala ou no quarto. É quase uma ilusão, mas funciona. Aqui tem funcionado bastante.

, , , , ,

comentários