• Casa da Chris
  • Calculadora
  • Casa da Chris TV
  • Coluna
  • Faça em Casa
  • Quintal
  • Receitas
  • Roteiros

Blog da Casa da Chris

29/08/2014

Casa florida



  • Acho difícil resistir a uma orquídea. Cada uma é tão diferente da outra. Uma mais linda que a outra. Sabia que existem orquídeas tão pequenas que você precisa de uma lupa para admirar os detalhes? Por isso também não resisto a um programa que repito todos os anos: ir à expo de orquídeas da Liberdade. É um programa que requer serenidade no coração. Apesar de ser a maior mostra do gênero por aqui, ela é realizada em um espaço pequeno – que inevitavelmente fica abarrotado de fãs da flor durante o final de semana. Mas sempre vale a pena. Impossível não levar para casa exemplares já floridos por R$ 20 reais. Tem mudas de dez, mas você precisa ter paciência monástica para esperar elas darem flor em três anos. Tem gente que consegue esperar, eu ainda não... Por isso hoje garanti mais uma orquídea para a minha pequena coleção e ainda fiquei encantada com a exposição de exemplares raros realizada no segundo andar do edifício. Se eu fosse você corria para lá também pra conferir. Amanhã e domingo, das 9h às 19h. Rua São Joaquim, 381, Liberdade, SP.

  • 1 comentários | envie essa postagem | link fixo

28/08/2014

Intervalo comercial



  • Com certeza isso não acontece apenas comigo. De ouvir das amigas, do passante na rua, do homem atrás do balcão da padaria, da manicure, da moça que vende maçãs na feira de todas as quartas: "este ano não está acontecendo nada". A sensação de que está tudo parado é geral. Pode ser uma impressão coletiva apenas. Afinal de contas, o mundo não para. E para muita gente está acontecendo um monte de coisas legais.

    O fato é que se você está no grupo dos que sentem certo marasmo no ar, respire fundo. Pare você também para aproveitar o tempo que sobra entre um desejo (ainda) não concretizado e outro que está por vir. A vida é feita de ciclos, certo? E uma hora a roda volta a subir, mesmo que a decida seja, às vezes, um pouco difícil. Aproveite o intervalo como se fosse um breve período de férias. Em vez de se descabelar, de bater a cabeça na parede tentando algo que, neste momento, simplesmente não rola, faça planos. Escreva tudo o que deseja para a próxima temporada de vacas gordas. Cuide do seu jardim – mesmo que metaforicamente. Borde, costure, conserte o que está quebrado, leia muito!

    Assista filmes inspiradores. Escute mais música. Dance. Beije. Porque quando a roda subir, minha filha, você vai se lembrar com saudades desse tempo de espera – que pode ser delicioso, acredite.

  • 0 comentários | envie essa postagem | link fixo

27/08/2014

Por um começo de dia com mais sabor



  • Da serie de pequenos mimos que podemos fazer para nós mesmas em uma manhã de quarta-feira qualquer... Sanduiches de rabanadas salgadas com bacon caramelizado. Parece complexo? Nada disso. Essa delícia pode ser feita em alguns minutos, enquanto você coloca a água do café para ferver. A mágica acontece assim: coloque duas fatias de bacon sobre uma assadeira forrada com papel manteiga. Salpique as fatias com um pouco de açúcar mascavo, bem pouquinho, só para caramelizar. Leve ao forno até que dourem, o que ocorre muito rapidamente. Enquanto isso, misture em uma tigela um ovo + algumas colheres de leite. Tempere com sal, noz moscada, um tiquinho de pimenta, outro tico de canela em pó. Misture tudo e mergulhe ali duas fatias de pão de forma se casca. Deixe empapar bem. Frite as fatias em um pouquinho de manteiga. Coloque sobre uma das fatias uma colher de queijo cremoso e fatias de peito de peru. Cubra com a outra fatia. Coma com o bacon caramelizado e agradeça a você mesma por um começo de dia tão suculento.

  • 1 comentários | envie essa postagem | link fixo

26/08/2014

Acho que vi um coelhinho...



  • Quando o simples vira um luxo! O bolo de cenoura de todo dia ganha cara de festa com pequenos  aditivos. Para esta receita, fiz um bolo pequeno com uma forma de 18cm de diâmetro. Cortei a tampa do bolo para criar um jardim bem retinho para o coelho de louça que andava escondido no acervo. Um gramado feito com chá verde em pó, instantâneo, que havia comprado há pouco em um supermercado do bairro da Liberdade. Para arrematar a produção, dois raminhos de lavanda colhidos no jardim. Quanto tempo demorou? Praticamente o mesmo de preparar um bolo do dia-a-dia. Ah! Esqueci de dizer que fiz um recheio de ganache bem firme, usado também para dar acabamento à lateral do bolo. Assim fácil dá vontade de inventar um aniversário por dia.

  • 2 comentários | envie essa postagem | link fixo

25/08/2014

Casa de campo



  • Uma toalha festiva para incrementar o café da tarde, uma cama florida para se esparramar no final do dia, um caminho de mesa inspirado em tardes com os amigos sem hora para acabar.... Uma "voltinha" pelo Bazar no Campo tem gosto de férias, de vida sem pressa.



    Logo dá vontade de levar para a casa um mimo com alma interiorana, só para nos lembrar que pressa demais atrasa a vida da pessoa.



  • 0 comentários | envie essa postagem | link fixo
[1]  2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40   41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66   67   68   69   70   71   72   73   74   75   76   77   78   79   80   81   82   83   84   85   86   87   88   89   90   91   92   93   94   95   96   97   98   99   100   101   102   103   104   105   106   107   108   109   110   111   112   113   114   115   116   117   118   119   120   121   122   123   124   125   126   127   128   129   130   131   132   133   134   135   136   137   138   139   140   141   142   143   144   145   146   147   148   149   150   151   152   153   154   155   156   157   158   159   160   161   162   163   164   165   166   167   168   169   170   171   172   173   174   175   176   177   178   179   180   181   182   183   184   185   186   187   188   189   190   191   192   193   194   195   196   197   198   199   200   201   202   203   204   205   206   207   208   209   210   211   212   213   214   215   216   217   218   219   220   221   222   




Acesse também nosso parceiro Vagalume Letras