29 março

Bandeirinhas festivas com história pra contar

Comentários

43BE34C2-9BC0-45B5-91A7-BF6B602F2FFB

 

A ideia de ter um monte de paninhos lindos, desses que a gente herda da avó, guardados em uma gaveta nunca me agradou. Dou sempre um jeito de colocá-los em uso. Seja na bandeja do café ou sob um vaso na sala. Só que, às vezes, eles não funcionam. Usados da maneira tradicional, acabam deixando a casa com um ar antigo demais. Por isso gosto desta maneira de expor minhas relíquias domésticas: todos juntos, como bandeirinhas ao vento. Assim, valorizo os bordados e os pontos de crochê de um jeito mais atual. Fica bonito na cozinha, como uma espécie de exibição permanente do acervo, ou em dia de festa em casa, ocupando o lugar das bandeirolas festivas que combinam com todo tipo de comemoração. O segredo é reunir os tecidos por afinidades: tamanho, cores, estilos…

comentários